Praça Monsenhor Modesto Paiva - Paróquia Santa Rita de Cássia - Viçosa/MG

Praça Monsenhor Modesto Paiva

Justificativa:

A modificação do nome da Praça Silviano Brandão, para instituir a mudança deste logradouro para “Praça Mons. Modesto Paiva” se justifica levando em conta os inúmeros benefícios resultantes da construção para Viçosa do Santuário Santa Rita de Cássia, obra realizada com imensos sacrifícios e dedicação absoluta pelo então Pároco Monsenhor Modesto Paiva, com efeito, na década de 1950 empreendeu esta obra gigantesca. Temos absoluta certeza de que será mais coerente o nome do Mons. Modesto Paiva para esta, sendo uma bela e justa homenagem a este exemplo de ser humano. Vale ressaltar que o Monsenhor Modesto Paiva foi um verdadeiro profeta ao afirmar que, com a construção da nova Matriz de Santa Rita, haveria um notável surto de progresso para o Município de Viçosa o que, de fato, ocorreu. É que Monsenhor Modesto Paiva possuía virtudes extraordinárias, ressaltando-se sua admirável humildade e abnegação.

Ele inoculou, por isto mesmo, uma profunda confiança no povo viçosense. Este se tornou admirador de sua fé inquebrantável e de sua enorme devoção a Santa Rita, a santa das causas impossíveis aos olhos humanos. Por tudo isto, após seu falecimento em Juiz de Fora dia 16 de fevereiro de 1996, foi velado por uma multidão de fiéis na Igreja que ele construiu nesta cidade. Sepultado no Cemitério D. Viçoso seus restos mortais foram depois transladados para o Santuário Santa Rita.

Aí ele continua a receber as homenagens dos viçosenses que, deste modo, perpetuam sua gratidão a ele devida. “Por tudo isto, nada mais justo e significativo do que dar à Praça em frente a este templo magnífico o nome de quem se tornou um dos maiores benfeitores desta cidade”. Em tempo: Vale registrar através levando histórico que Silviano Brandão “Francisco Silviano de Almeida Brandão” , nasceu em Santana do Sapucaí, hoje Silvianópolis , em 7 de março de 1848 e faleceu em Horizonte, em 25 de setembro de 1902) foi um médico e político brasileiro.

Foi presidente do estado de Minas Gerais e foi eleito vice-presidente da República na chapa de Rodrigues Alves, para o mandato de 15 de novembro de 1902 a 15 de novembro de 1906, mas morreu antes de tomar posse, sendo substituído por Afonso Pena. Não encontramos obras especificas do mesmo em nosso município.

Biografia

Monsenhor Modesto Paiva nasceu a 16/6/1898, em Santa Bárbara (MG), num arraial chamado Brumado, hoje Brumal, filho de Joaquim do Nascimento Paiva e de Maria José Paiva. Aos 14 anos iniciou seus estudos no Colégio Caraça, com os padres lazaristas. Formado no Seminário de Mariana, foi ordenado padre a 29/11/1925.

 Foi coadjutor e vigário de Cataguases, onde esteve por 9 anos, e de Santana dos Ferros, tendo trabalhado ainda em Belo Horizonte e São João Del Rey e exercido a vice-reitoria do Ginásio de Dom Helvécio, Veio para Viçosa, em 1943, como Capelão da Escola Normal Nossa Senhora do Carmo, ocupando o posto, por quatro anos. Por insistência do Arcebispo, aceitou ser pároco da Matriz de Santa Rita, em substituição ao padre Álvaro. Morou, durante sete anos, num cômodo minúsculo, situado por cima da sacristia. A casa paroquial ele a alugou, com a finalidade de angariar fundos para a igreja que estava prestes a cair. Mas os resultados não eram satisfatórios. Consertava de um lado caía do outro, e urgia construir nova Matriz.

Em 6/11/1950, o Cônego Modesto liderou o início da construção do Santuário e em 9/5/1951 foi lançada a pedra fundamental do templo. Assim, em tempo recorde, a construção do belo monumento foi inaugurado em 12/12/1953. Valer ressaltar incentivo e trabalho foram o seu baluarte da imprescindível construção, orçada, na época, em cinco milhões de cruzeiros. O Cônego planejou tudo.

Batalhou, lutou e pôde ver, aos 12 de dezembro de 1953, a obra construída. Em entrevista a órgão de imprensa de Viçosa o Monsenhor Modesto disse: “A cidade era muito pobre. Toda ela de construção de cor amarela e os portais e janelas de cor roxa. Eu disse ao povo: vamos construir a Igreja que a cidade vai melhorar.

E de fato a cidade melhorou muito […] Na festa de Santa Rita, de 1953, foi muito dinheiro que me deram. Eu pude comprar muito material caro de São Paulo, levando ainda três operários especializados de São Paulo, para acabamento da Igreja.

Tudo ficou pronto.” Iniciado o Santuário com a escavação e a laje de base da torre, sua pedra fundamental, sobre ela se inscreveu: “No dia 9 de maio do ano de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1951, sendo Sumo Pontífice Pio XII, Arcebispo da Igreja de Mariana Helvécio Gomes de Oliveira, Pároco, Modesto Paiva, para edificar esta lápide, projetada por Octavio de G. Freire e feita por Vicente da Paixão, sob a direção de Mário das Neves Machado com seu cooperador José Marcondes Borges, os cidadãos viçosenses com ardor ofereceram os recursos, favorecendo Santa Rita”.

A inscrição original, como se vê na foto, é esta: “ANTE DIEM VII IDUS MAIAS ANNO DOMINI NOSTRI JESU CHRISTI MCMLI, SUMMO PONTIFICE PIO XII ARCHIEPISCOPO ECCLESIAE MARIANNENSIS HELVETIO GOMES DE OLIVEIRA, PAROCHO MODESTO PAIVA, AD HANC EXSTRUENDAM LAPIDEM, AB OCTAVIO DE G. FREIRE DELINEATAM ET A VINCENTIO DA PAIXÃO CONFECTAM, DIRIGENTE MARIO DAS NEVES MACHADO CUM EJUS COOPERATORE JOSEPH MARCONDES BORGES, INFLAMMANTER NUMUM CIVES OBTULERUNT VIÇOSENSES, SANCTA FOVENTE RITA.”

Monsenhor Modesto deixou Viçosa, como vigário, a 12/10/1955, após a consagração do templo, com a ordenação de padres e a presença de três bispos em Viçosa. Falecido a 16/2/1996, em Juiz de Fora, ele foi sepultado no Cemitério Dom Viçoso. Seus restos mortais foram transladados a 19/5/2005 para o Batistério do Santuário, este templo considerado marco da capacidade e generosidade do povo viçosense.




A secretaria da Paróquia Santa Rita de Cássia está recolhendo assinaturas, RG ou CPF para apresentação de uma ação popular na Câmara Municipal de Viçosa.

Autor: Paróquia Santa Rita de Cássia - Viçosa - MG

Paróquia Santa Rita de Cássia

Praça Silviano Brandão - s/n, Viçosa - MG, 36570-000

(31) 3891-5191