Paróquia Santa Rita de Cássia

Imagem Notícia

Em março, o Papa Francisco, nos convida a rezarmos com ele “pelos cristãos

perseguidos, para que possam receber orações e ajuda material da Igreja em todo o

mundo”.

O papa inicia seu pedido destacando que muitos cristãos ainda são perseguidos por

professarem a sua fé, sendo obrigados a abandonar as suas casas, igrejas, cultos, suas

terras e seus afetos. São perseguidos e executados somente porque professam sua fé em

Cristo.

Estatísticas revelam que no ano de 2016 aproximadamente 90 mil cristãos foram mortos

por causa de sua fé (Centro de Estudos Novas Religiões). Esses números revelam que a

cada seis minutos um cristão é executado.

Tais estatísticas devem nos preocupar! Por isso, o papa nos questiona: “quantos de

vocês rezam pelos cristãos que são perseguidos?”. Se tomarmos consciência do que está

acontecendo e rezarmos, a graça de Deus manifestar-se- á. Somos uma igreja também

espiritual e a força das nossas orações, da nossa intercessão, contribuirá para que muitos

destes não percam a fé e lutem pela causa do evangelho.

A ajuda material também é importante, por isso devemos procurar organismos que

trabalham nessas frentes, como a AIS (Ajuda a Igreja que Sofre), por exemplo. Algumas

de nossas paróquias disponibilizam recursos para essas causas, por meio do dízimo e

por coletas específicas.

Por fim, o Papa Francisco nos motiva: “animem-se a fazer isso comigo, para que

experimentem o apoio de todas as igrejas e comunidades, por meio da oração e da ajuda

material”.